Como você me dói de vez em quando…


Em homenagem a uma amiga que fez aniversário neste feriado e que deixou saudades, um texto de Caio Fernando de Abreu, autor gaúcho que ela me apresentou.

“…sabe que o meu gostar por você chegou a ser amor pois se eu me comovia vendo você pois se eu acordava no meio da noite só pra ver você dormindo meu Deus como você me doía de vez em quando eu vou ficar esperando você numa tarde cinzenta de inverno bem no meio duma praça então os meus braços não vão ser suficientes pra abraçar você e a minha voz vai querer dizer tanta mas tanta coisa que eu vou ficar calada um tempo enorme só olhando você sem dizer nada só olhando e pensando meu Deus como você me dói de vez em quando

Gostou? Então deixe um comentário

About these ads

15 comentários sobre “Como você me dói de vez em quando…

  1. Pingback: Sergio Luis via Rec6

  2. Sentir saudade é bom as vezes,

    até.

  3. Como dizem….
    o Amor é uma dor…

    Mas só dói no peito de quem já o sentiu..e não pôde dar continuidade.
    Se pudéssemos escolher: antes a dor da saudade que a da perda.

    Mais uma bela indicação e texto! Parabéns!
    Falta o de hoje! rs

  4. A saudade, na verdade, é um sentimento que machuca, mas nos faz lembrar de algo bom, de um bom momento. Isso é gostoso…

    …mas sempre digo que é mais legal matar a saudade
    =P

  5. matar algo ou alguém que nos mata é sempre mais legal!!! hehehe

    brincadeira!

    matar a fome por exemplo…não é bom d+?? rssss

  6. Depende… tem gente que fica com a “consciencia” (hehehe) pesada depois

    HAHAHAHAHAHHAHA

  7. eu por exemplo!!!! /)

    mas…antes fosse só a “consciência” que ficasse pesada…hehe

  8. Ah saudade dói demais………eu fui ao Museu da Língua Portuguesa, e li um poema ou frase, que era assim:

    O tempo não para, são as lembranças que fazem o tempo parar……não lembro quem foi o poeta que escreveu!

    Fiquei com essa frase na cabeça, e para mim saudade dói muitoo.

  9. Loretta

    HAHAHAHAHAHAH

    Pior é que é

    Valeria

    é…

  10. sim, só podia mesmo ser de caio f., me fazer chorar.

  11. É… esse texto sempre me faz lembrar alguem muito especial na minha vida

  12. Como eu e uma amiga concordamos: “Caio só não é tudo, porque tudo é Clarice”

  13. Heheheh… Eu vou discordar… Penso que Quintana é o grande intérprete das mazelas da alma humana.

    Mas Caio e Clarice (e tenho gostado de ler Martha Medeiros também) são nomes a serem lembrados nesse aspecto também

  14. Eu costumo dizer que não sinto saudades, que meu cérebro me presenteou com o dom de reviver todos os momentos que me ficaram marcados. Sempre que lembramos ou relembramos determinadas situções que nos fizeram felizes, na verdade estamos revivendo esta mesma situação, porque a lembrança nos traz de volta tudo aquilo que sentimos no tal momento. Nosso cérebro faz todo bom passado se tornar presente sempre que quisermos, ou que sentimos saudades….

    Por isso, não sofro, nunca sofro. Meu cérebro me fará viver todos os bons momentos novamente. E isto nada impedirá de novos bons momentos surgirem na minha vida….

Comente aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s