5 coisas que não concordo na Igreja atual


Seguindo o posto do Fábio no No Words, vou postar as 5 coisas que não concordo na Igreja atual:

  1. “Clubificação” da Igreja: as pessoas vão à igreja aos domingos. As pessoas vão aos clubes aos domingos. As pessoas cumprimentam-se no clube. As pessoas cumprimentam-se na Igreja. As pessoas se divertem no clube. As pessoas “se divertem” na Igreja. Mas as pessoas não vivem uma vida diferente por ir a um clube. E não estão vivendo uma vida diferente ao ir à Igreja. Os relacionamentos são superficiais como com aquele cara que joga bola no clube com voce no sábado. Enquanto a Igreja for um “lugar” e não um “ser”, será apenas um clube. Mais um.
  2. Shows: não sou contra shows cristãos… desde que sejam rotulados (no melhor sentido da palavra) como tal. Ir a um culto onde dever-se-ia adorar a Deus e ver a adoração de um método, uma placa de igreja ou uma pessoa me dá náuseas.
  3. Ignorância: “o povo perece porque lhe falta conhecimento”. Não é só uma frase, é um fato! As pessoas jejuam, mas não sabem o que é o jejum. As pessoas “louvam”, sem saber o que é louvor. Oram, sem saber o que é orar. “Clamam” sem saber a quem clamar. Elas buscam a alguém que não conhecem. Não, não sou profundo conhecedor. Sou apenas um chato. Muito chato! E por ser chato, não consigo admitir ver pessoas defendendo – com profundo fervor religioso – algo que nem mesmo elas sabem o que é. Um pouco de leitura – note, eu disse “um pouco” – já faria de muito “cristãozinho” um ser com quem dá pra conversar. Além disso, o cristão atual pensa que a cultura que existe fora das paredes dos templos não presta e, por isso, se faz alienado. É triste conversar com alguém assim.
  4. Pseudo-superioridade: Muita gente bate no peito para falar que é cristão. Mas eu me pergunto se Deus bateria no peito para falar que todas essas pessoas são seus filhos. Ao invés de buscarem ser juizes e advogados de Deus, alguns de seus ditos “filhos” poderiam calar-se e trabalhar em suas próprias vidas uma das maiores características de Jesus: humildade, tolerância, auto-humilhação. Como Paulo já dizia há 1900 anos, “nos fazer de pobre para com os pobres, gentio para com os gentios, ‘do mundo’ para com os ‘do mundo’, a fim de, com isso, ganhar a todos”.
  5. “Umbigocentrismo”: talvez uma derivação da ignorância, mas a Igreja atual focou-se em si mesma, ao invés de focar quem está fora. Jesus alertou para esse problema: “os sãos não precisam de médicos”. A Igreja julga-se “sã” e isso a cega de suas próprias mazelas. É triste ver um mundo perecendo fora e a Igreja perecendo por dentro. Um retorno à grande comissão se faz – urgente – necessário.

É o que penso… talvez haja mais coisa, mas é isso que me lembro no momento.

…eu avisei que era só um chato, né?

Anúncios

10 comentários sobre “5 coisas que não concordo na Igreja atual

  1. Pingback: Sergio Luis via Rec6

  2. Vc é chato, mas é limpinho!

    rs

    😛

  3. Por que será que esse assunto faltam comentários né????

  4. Não sei… mas há mais de uma década falo exatamente essas mesmas coisas e não tenho respostas… então não estou surpreso

  5. Concordo em gênero, número e grau!!.
    Que Deus tenha misericórdia de Nós!
    Ainda bem que somos salvo pela GRAÇA (Favor que não merecemos), pois se dependessemos de merecimento….

  6. se voce tem a mesma opinião que a dele, esta na hora de voce assumir os designios de Deus para a sua vida, transforme essa realidade naquilo que voce acha mais correto, instrua o povo corretamente.

  7. Cara, eu vou!
    É difícil, mas eu vou, mesmo… já tento fazer isso. Mas é complicado, poucos gostam de ouvir coisas que mexam com o status quo.

  8. Caro colega, nós não podemos colocar todo mundo em um saco e dizer que são iguais. até concordo com vc em alguns pontos, mas se vc ler bem a Bíblia vc verá que sempre foi assim. Dentro de uma tem vários tipos de pessoas isso não é de agora. (leia l e ll Cor.) os conselhos de Paulo nos leva a crêr que já havia uma igreja dessa forma. Mas o que precisamos saber é que Deus conhece cada coração e vai nos julgar segundo as nossas vidas conforme vividas aqui. Lembra da parábola das dez virgens? muitas coisas lhes era comum, mas nem todas tinham o azeite… esse é o quadro da igreja hoje. Então procure viver sua vida com santidade e verdade e deixe que cada um viva a sua. Faça a sua parte pregando a Palavra e cada um escolha o seu caminho, e Deus fará o resto. Procure amar os outros essa é a sua parte.

Comente aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s