É proibido pensar


Indicação de uma colega do Orkut, nada mais pertinente.

Música de João Alexandre (quem conhece, sabe que não preciso apresentar mais. Não ouça se for quadrado!


Anúncios

31 comentários sobre “É proibido pensar

  1. rsrs… qm será essa “colega”? hein?! =P
    Realmente João Alexandre é tdb.
    Nessa música ele falou td o q a gente pensava… mas ñ tinha elaborado!!!
    Bjim.

  2. Não há dúvidas que o João Alexandre é um homem de Deus, porém acho que é desnecessário colocar idéias assim em um cd que não só os evangélicos vão ouvir mas também pessoas que poderiam estar buscando algo mais de Deus em seu cd e ao invés do amor e da comunhão que ele mesmo prega, encontram divisões tão asperamente tratadas dentro do próprio meio cristão que prega o amor.O suportar uns aos outros de que Jesus nos falou a tanto tempo atrás deveria ser realmente seguido nessas horas. Eu ouço e gosto das músicas do J A, porém acho que nossa opinião deve ser bem pensada e medida em consequências, “nossos direitos e liberdade acaba quando começa a dos outros”. Bom, taí minha opinião, mesmo que eu ache que muita gente vá contra… não é proibido pensar, é?

  3. Felipe, eu concordo em partes contigo… Já pensou que talvez, ao mesmo tempo que as nossas opniões devam ser pensadas, nossas atitudes também?

    Por exemplo, precisa dizer que os dólares foram parar dentro da Bíblia sem querer? Precisa fazer o povo acreditar em copos de água? Precisa falar de dízimo em 50% dos cultos, enquanto a Bíblia fala disso em menos de 10% do seu texto?

    Sei lá, cara… eu acho que as coisas erradas não devem ser encobertas, mas denunciadas. Se isso acontece dentro do povo, apenas o povo tem ciencia para denunciar. Quando um cara como JA se levanta e fala, é duro, mas, cara… é real!

  4. Como não é proibido pensar, acredito que o grande erro do João Alexandre nesta música foi colocar no mesmo saco ministérios que reconhecidamente tem um trabalho sério como a Com Zona Sul, Fernandinho, Diante do Trono com ministérios que publicamente têm trazido vergonha ao evangelho como Universal e Renascer. E não adianta dizer que não foi a intenção dele fazer isto, pois ele não citou nomes, mas como dizem lá no interior, para bom entendendor meia palavra basta, E para quem PENSA também, pois afinal não é PROIBIDO PENSAR, NÃO É MESMO?

  5. Eduardo

    Há coisa de 10 anos, talvez você dissesse o mesmo da Renascer. Quem sabe, até da Universal. Eu me questiono o que é um “trabalho sério reconhecidamente”.

    Mas, o que mais me preocupa é: você realmente entendeu a crítica do J.A.? A questão não é gostar de Fernandinho, Armandinho ou Bernardinho. O caso é: será que as pessoas de fato sabem o que estão fazendo (seja os “feitores” ou os “seguidores”)? Eu acho que não…

  6. Eu acho equivocado confundirmos a igreja evangélica, mesmo a parte “séria” dela, com a Igreja (reparem no “i” maiúsculo).
    Em nenhum momento Deus ou Jesus institui a igreja católica, a igreja evangélica, a igreja ortodoxa, etc. como Sua Igreja. Ou seja, não existe instituição divina. A única coisa que Ele instituiu foi Sua Palavra. Portanto, frequente eu o templo que eu quiser, ou seja predestinado a frequentar, que eu me esforce para viver a instituição de Deus na Terra, a Palavra.

    E sobre expor problemas da igreja evangélica aos não frequentadores da mesma, algumas considerações:
    1. Nossa missão como cristãos não é converter ninguém à igreja evangélica, mas é fazer discípulos nossos, e da forma como nós somos discípulos de Cristo.
    2. Enquanto a igreja evangélica esconder seus erros, a falta de autenticidade ira imperar, e isso não atrai, mas causa afastamento dos outros reles mortais pecadoresque olham para os evangélicos e esperam posturas de super-homens que, creio eu, não vão encontrar em rótulos, mas em pessoas de carne-e-osso que erram, assumem seus erros, se arrependem, erram de novo, assumem seus erros de novo, se arrependem de novo, e enfim reconhecem que não possuem a solução para tudo, e nem seus pastores a possuem, pois não são mais que eles mesmos, mas que essa resposta é sobrenatural, vem de Deus, e que o não reconhecimento de seus erros é como dizer que o sacrifício de Cristo na cruz não foi pra igreja evangélica, afinal, ela não erra, ela não precisa de Cristo.

    Esgotei a cota de pensar do dia?? 😉

  7. Meu eu acho que na verdade não é proibido pensar, mas sim pq as pessoas estaum sendo treinadas a ter pensamentos que outros formaram, entaum hj se forma um pensamento e mtas pessoas abraçam.
    Entaum sou contra mtas coisas que ele diz na musica, mas eh a forma de pensar que talves seja errada sabe?

    Ele talves nunk esteve do lado de dentro de mtas coisas, e estah só dizendo o q ouviu dizer.
    Talves o feitiço se volte contra o feiticeiro, ou talves ele alcance seu objetivo.
    É esperar pra ver…

  8. Hummmmm… acompanho um pocuo de J. Alexandre desde que comecei a me envolver com música na igreja, em 93. Não acho que ele fale apenas do que “ouviu falar”.

    De minha posição rasteira e ignorante, já vi mais do que ele falou.

    Concordo com muitos (ou quase todos) os pontos que ele tocou.

    Um exemplo: “rompendo em fé”, fala de milagres, milagres, milagres como se fosse obrigação de Deus fazer as coisas funcionarem. Como se a nossa única obrigação fosse “estender o cajado pra ele abrir o mar”. E isso é totalmente contrário à própria criação, onde Deus dotou o ser humano de inteligência e vontade de vencer.

    J. Alexandre, comentando essa música, disse certa feita que se o mar não abrir e ele começar a afundar, vai é aprender a nadar, mas não deveria desistir. Isso, para mim, é mais condizente com o exemplo de apóstolos como Paulo, Pedro ou Tiago, que em face das maiores dificuldades, não abriram mão de sua fé. Ou dos amigos de Daniel, que aceitaram a punição da fornalha e disseram que cabia a Deus decidir se os salvaria ou não. Se salvasse, estariam felizes. Se não os salvasse, morreriam felizes.

  9. Eu sou fã de JA, e fiquei mais ainda quando ouvi essa música.Sou filho de pastor e e estou cansado de ver, os próprios líderes evangélicos, tentando colocar sujeiras debaixo do tapete. A minha pergunta é: Será que JESUS faria isso? Será que eles, realmente, querem ganhar almas ou se auto-promoveremem busca de status? Eu, realmente, queria que se levantasse alguem pra defender a palavra e “cuspir” na cara desse envergonhadores do EVANGELHO SANTO. Quero esclarecer a algumas pessoas que deixaram seus recados, que JA, não diz que, é proibido pensar, ele se refere à essas pessoas que escravizam nossas mentes e Igrejas à repetições de canções de uma frase só. Nosso DEUS é dono de tudo e dono da inspiração. Até quando nós, membros e pastores que queremos continuar vendo DEUS ser dono de todos os dons e seres, teremos que ver essas coisas dentro da Igreja? DEUS NOS GUARDE E PROTEJA.

  10. “O que faria Jesus?” é uma excelente pergunta, Mildo!

  11. pois é né! não é proibido pensar! o que o joão alexandre quis passar e algumas pessoas ainda não conseguiu discernir é que muitos aproveitadores do evangelho estão querendo impor algo que ao entender deles é o correto é o ”santo” e essa musica nos faz dispertar ou até mesmo nos tirar de uma escravidão que eu mesmo vivia ao (pensar) que o que aquele cantor ou pregador estava ministrando era o que eu tinha que fazer!
    tenho só que parabenisar o joão alexandre pela musica e também alerta-los que se pessoa que não são cristãos ouvirem essa musica não vão se converterem,isso é uma ignorancia pois DEUS num habita em mentira pra que encubrir uma mentira hoje sendo que amanhã aquela pessoa irá conhece na verdade o que é,entende! o nosso Perfeito JESUS quando passou aqui por essa terra nunca escondeu nada de ninguem quando alguem o procurava ele num falava vem amanhã o negocio tem de ser transparente.
    não é proibido pensar! mais pensar como os outros pensam,agir se vestir até como se pronunciar na minha opnião é um retorcesso de vida grande abraço e que DEUS ilumine a vida de todos

  12. Acho, duklé, que pode-se até pensar “como” outros pensam, desde que esse pensamento seja também seu, de fato. Pensar igual não é ruim. Ruim é não pensar.

  13. uma coisa é certa conhecerei a verdade e a verdade cos libertará.joão 8:32
    vlw,não quero fazer apologia a ninguem mais ultimamente tem muita gente nas
    igrejas e ainda num entedeu o que é adorar a DEUS!será que eu tenho que adorar a Deus todo dia do mesmo jeito? será que se eu ficar preso ao regime da igreja,que congrego vou conquistar o meu lugar no céu? E vos vestistes do novo, que se renova para o conhecimento, segundo a imagem daquele que o criou;Colossenses:3:10.
    Que DEUS possa abençoar a cada um

  14. Conforme percebo, o movimento neo-pentecostal(IUniversal do RD,I Internacional da Graça ,Sara Nossa Terra, Renascer em Cristo, etc) surge, entre outros, com o objetivo de “quebrar” o modelo de evangelho apresentado pelas denominações históricas-tradicionais (presbiteriana,congregacional,metodista,etc), o qual possui uma configuração padronizada de acordo com antigos ditames e ditada pelas características da igreja primitiva. Acredito que os protagonistas do movimento neo-pentecostal erram quando fazem interpolações agressivas ao texto bíblico e praticam aquilo que não ensina o livro divino. O trabalho de JA é importante no sentido de orientar leigos e desorientados que,seduzidos por ideologias heréticas, têm seu potencial de raciocinio suprimido.

  15. Hummmmmmmmmmmmmmm… penso que esse mesmo raciocínio que você usou é “limitado”. As mesmas “denominações históricas” que você citou foram acusadas de serem hereges nos idos da Idade Média. E mesmo elas estão, pelo menos, uns mil e poucos anos distantes do trabalho de Cristo na Terra. Penso que a questão é mais profunda que simples “rótulos”

  16. Eu quero dizer para o amado João que, ele contradiz o próprio titulo de sua musica, porque não é proibido pensar. A prova disto é que ele mesmo criou as letras de sua música pensando livremente, sem nenhum constrangimento de alguém, ou até o próprio criador intervir em seu direito de pensar. O arranjo é excelente, mas o que nos deixam constrangidos com o amado João, é que ele não pensou como as letras da sua musica agridem não só a população Evangélica, mas todas as pessoas de bem, porque Deus deu ao homem o direito de pensar antes de seguir alguma denominação
    ou credo religioso. Porque Deus em Jesus Cristo falou pela boca do Apóstolo Paulo que tudo o que o homem aqui na terra plantar, um dia ele colherá. Então não convém ficarmos através de musicas ou outro meio qualquer ficar dando uma de espertinho, ou mesmo se passando por juiz, para ofender as pessoas, com palavras que muitas vezes saem da nossa boca sem pararmos pra pensar primeiro antes de falarmos, e com isso gerando tédio, ódio desamor aos corações dos homens. O importante é o AMOR! O amor não nosso mas o AMOR DE DEUS, derramado em nossos corações por Jesus Cristo nosso Senhor! Que Jesus te abençoe amado João, ponha em suas musicas o nome de Jesus, porque so a ele pertence toda a Glôria e poder, porque ele é o Eterno Juiz, tanto dos vivos como dos mortos.A mém.

  17. Infelizmente, sempre existiu e existirá pessoas que não gostam de pensar, desde o inicio da humanidade funciona desta forma. A palavra de Deus nos liberta de toda a escuridão, “Meu povo peca por falta de conhecimento” diz a palavra. A maioria não gosta de compromissos com o estudo e conhecimento da palavra, querem tudo pronto e por isto se deixam levar por “ventos de doutrina” . Não adianta ficar aqui discutindo ou acusando este ou aquele grupo, mesmo com todos os erros, muitas vidas tem a oportunidade de conhecer Cristo através destes ministérios. Aqueles que procuram se aprofundar no conhecimento da palavra vão perceber o erro e buscar terrenos mais ferteis, outros continuaram. Temos é que orar por elas e por estes lideres por que como ja foi dito nestes comentários…”ai daqueles por onde entrar o escândalo…”
    A paz de Cristo a todos

    • Sim, sim, Renato! Mas, veja que, apesar do peso da crítica, há quem se sinta ofendido ou atingido e “revidem”.

      Nessa hora, lembro do que diz meu pai: “Se a carapuça serviu…”

  18. Senhores!

    Bom, desde que pensava que me entendia por gente (mais ou menos na época em que abrimos a Missão na “Rabelo da Cruz” rsrsrsrsrs…), eu ouço as canções do João, e sempre gostei muito. Fizeram (e ainda fazem) parte da minha formação musical.
    Letras fortes e bem elaboradas, acompanhadas de uma “aula” em combinações de acordes e ritmos, e que, como o próprio Snake disse, muitas vezes nos falam “a real”. E assim como “Pra cima, Brasil”, “Muito Mais”, “Todos são iguais”, e outras músicas dele, “É Proibido Pensar” é mais uma que gerou polêmica por falar “a real” do que se passa no meio “cristão” (reparem nas aspas).

    No meu ponto de vista, Jesus antes de subir não disse a Pedro para apascentar apenas os “Batistas”, ou “Metodistas”, “Presbiterianos”, ou sei lá quem mais. Ele disse para Pedro “apascentar as Suas ovelhas”, ou seja, tanto os alcançados pela passagem de Jesus na Terra, como também os alcançados pelo “IDE!” após a Sua ascenção. “Só” isso o que Ele pediu. VIDAS.

    Hoje, a preocupação do meio “cristão” tem sido outra, e o que eu entendi ao ouvir essa música é que, na opinião dele (e na minha também), se você ñ “adora” como o Fernandinho, ou como o David Quinlan, Diante do Trono, a galera da Hillsong, vc ñ é um “adorador”. Ou então, se vc ñ “prega” como o Malafaia, R.R Soares, ou como o “Zezinho que está em alta no momento”, vc ñ é um pregador. Se a tua igreja ñ tiver “X” mil membros, vc precisa rever se é esse o teu chamado… ¬¬
    Ou seja, o povo tem andado pelo que outros tem vivido, e sempre se preocupam no que está “em alta” do que com VIDAS.
    Claro, ñ estou generalizando, e muito menos dizendo que esses que citei acima são ou deixam de ser pessoas/ministérios de Deus, mas poxa, se houvesse o raciocínio como o de um trecho da letra que diz: “Deus já me deu Sua Palavra, e é por ela que eu ainda guio o meu viver”, com certeza ñ haveria tanta “modinha” por aí, mas sim espontaneidade e essência ao PENSAR em fazer as coisas de Deus.

    Nisso, pergunto: Será que É PROIBIDO PENSAR???

    Foi só uma impressão…. e eu ñ arrisco dizer se foi boa ou ruim…. =)

    • Pois é, Vinny… acho que é bem isso. Não recrimino Lagoinha, Fernandinho e tantos outros. Nem mesmo Malafaia e RR Soares. Entendo que cada um pode cumprir um papel voltado para o Reino.

      O que me preocupa é que esse papel não esteja voltado para o Reino, mas para as pessoas. É errado? Socialmente, não. Mas o exemplo de Cristo é o de dar a vida pelo outro, não o de querer ser “cheio” ou “abençoado”. Ao contrário, o exemplo é que ele se fez maldição por nós. Assim, o que J. Alexandre coloca é: “Meu, vamos voltar à raiz da nossa fé!”. Trabalhar pelo outro, não buscar bençãos exclusivamente para si.

      “Buscai primeiro o Reino de Deus e a sua justiça”

  19. A paz,

    Que pena o João Alexandre não usar este talento e grande potencial para evangelizar….conheço um pouco do trabalhos que “ele” não faz…..porem a maioria só lembra do do que ele compõe…critica é facíl..´.Compro os Cd de J.A e vou continuar comprando…dele, do “Toque no altar” …do Fernandinho…do Silas Malafaia..porque J.Alexandre nen ninguén vai me ” proibirá de pensar” ou vai pensar por mim!Deus o todo poderoso me deu livre árbritio para ouvir…ler e julgar.Fora vessa musica que ele colocou em seu novo CD (q por acaso eu achei de extremo mal gosto)as outras são boas de ouvir,como a maioria de seu trabalho!!Para resumir vocês não precisam pensar… João Alexandre pensa por vocês!!!!

    Que Deus em Cristo vós abençoe!

  20. Quero só corrijir uma coisa…’Deus me deu livre arbitrio para ler ouvir…masi não me disse para julgar ninguem”

    • “não julgar ninguém” = “pensa por vocês”?
      Me pareceu contraditório, mas ok, é sua opnião.

      Você fala acerca de “evangelizar” e que ele não faz isso. Perdoe-me, meu caro, mas “cuidar do rebanho” também é importante. Vejo muitos pastores que se preocupam em “falar”, mas não em “pastorear”. O primeiro é tão importante quanto o segundo. Jesus pregava para multidões, mas também cuidava dos seus, tratava os mais próximos com cuidado, os repreendia – de forma dura, inclusive, mas com amor, com propósito.

      Como disse em outros comentários, a crítica não está em gostar ou não desse ou daquele pregador ou músico. A crítica está em fazer coisas que outras pessoas falam sem o devido respaldo bíblico, sem checar se é aquilo memso. Gosto de Toque no Altar e gosto de J.A. E gosto de Legião Urbana e Guns ‘n Roses.

      E gosto de discussões com base, com respeito e, principalmente, com propósitos. O que o J.A. está fazendo é chamar o povo a este tipo de discussão. Concordar com os métodos dele é só uma escolha, mas pensar a respeito deveria ser mandatório.

    • querido irmão, leia um pouquinho mais as escrituras e aprenda um pouquinho mais sobre livre arbitrio…

  21. Creio que o João Alexandre, é um Profeta que Deus levantou neste tempo para alertar as pessoas sobre o que é pensar no sentido principal da palavra, creio também que importa que o evangelho seja pregado, e finalizo pensando que as pessoas que aparecem neste video são figuras simbolicas. Quem sou eu para julga-los, mais uma coisa tenho certeza: Na consumação dos tempos o Senhor Jesus vai separar o trigo do joio, Só Ele pode fazer isto, e ,esta sátira santa é uma oportunidade de repensarmos nossas atitutes de cristãos diante de Deus, não diante da comunidade que fazemos parte. e sim diante de DEUS. Parabéns João!!! embora creio que você tem levado, mais quarentenas de açoites que o Apostolo Paulo. Deus te abenções ricamente. Amém!

  22. J.A apenas descreveu aquilo que realmente e infelizmente se faz presente no meio do povo de Deus…Graças a Deus que ainda existem pessoas como o J.A.Pessoas que não tem medo e nem vergonha de falar a verdade e que não se deixam levar pelo evangeliquês.

    …Um dia Jesus voltará e fará a separação do joio e do trigo! =)

Comente aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s