X-boy


Nos Estados Unidos, em Nova York, um garoto foi apelidado de Homem Magnético, em função de um possível descontrole químico em seu corpo que afeta computadores locais. O Magneto mirim tem que usar uma pulseira anti-estática para controlar as emanações magnéticas de seu corpo.

O mais legal (ok, estou sendo frio) da história, é que agora sim parece algo mais realista que a história dos X-Men, onde a pessoa nasce com um poder e aprende rapidinho a mexer com ele.

Talvez a solução seja mandar o guri para o Instituto Xavier… hehehehe…

Anúncios

Um comentário sobre “X-boy

  1. Pingback: Em tempos de X-Boy… « Na Toca da Cobra

Comente aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s