Diário de Viagem 2009 – Bagagem demais


Como um bom viajante de primeira viagem, errei na conta. Trouxe coisa demais, coisas erradas e não sei o que fazer com elas. Neste exato momento (ou no momento em que escrevia esse post), acabo de lavar uma camiseta, um par de meias e algumas peças de baixo no banheiro do hotel. O calor de 30º de Barna se encarregará do resto. Nunca me imaginei fazendo isso, mas as roupas não darão até o final da viagem. Descobri que trouxe tênis demais (2) e chinelos de menos (0). Calças demais (2) e bermudas de menos (1). Vou sair para comprar outra agora.

Uma viagem pode nos ensinar muito se estivermos dispostos a aprender. Uma calça bastaria. E só. Mas… é mesmo a calça que me incomoda? Não. É o excesso de zelo, de cuidado com meu bem estar e, ao chegar aqui, estou percebendo que é zelo demais, cuidado demais para pessoa de menos. É por isso que carrego tantas coisas na bagagem. É por isso que carrego alguns pesos que não preciso. Sozinho no quarto do hotel há 24 horas, decidi largar alguns desses pesos. Não são para mim, não vou suportá-los. Deveria ter terminado de ler o livro Aliviando a Bagagem, do Max Lucado, que meu irmão me emprestou há 4 anos. Não li, mas lembro do começo…

E devo fazer outra coisa que possivelmente me arrependa… será?

8 comentários sobre “Diário de Viagem 2009 – Bagagem demais

  1. Interessada no tópico Aliviar a Bagagem…. largar alguns pesos…. estou nessa fase tb….

    bjao

  2. E é só istu!
    “Joga fora no lixo!”
    Alguns dos meus estão no lixo já… Me fez muito bem!

    Beijos e boa sorte!

  3. pois é… não tem coisa melhor q viajar apenas com a bagagem de mão… ou melhor, com uma mochilinha nas costas. E só! É mais importante um cartão de memória ou uma bateria extra q um tênis… rsrs
    bjs primo

  4. Adorei a parte “largar” alguns pesos”, faça, você vai se sentir bem melhor.
    Como você disse, viajar ensina muito, esteja disposto a aprender filho, isso vai ser bom pra você. Com as perdas de horários de trem ou de ônibus, com as idas e vindas, com os hotéis que não reservaram a reserva, isso é incrivel, mas a experiência e o aprendizado compensam os erros ou acertos demais.
    Curta cada momento e aproveite, eles são únicos.
    Saudades ….. beijos
    Mamys

    • A pior parte da viagem foi também, provavelmente, a que me trouxe algo muito importante: novos amigos.

      Mas, oh Gosh! Estou muito cansado e quebrado para ver o lado bom ainda. Preciso de dois dias com as pernas pro ar para começar a reler a viagem.

Comente aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s