O pseudo-blog do Planalto


Ter um blog do Planalto (e falo de Estado, não de Governo) seria um avanço tremendo no processo de transparência e relação dos governantes com o cidadão. Nem vou entrar no mérito das piadas sobre o Lula escrever um blog. Este post – sem dúvidas – é sério.

O termo “seria” não foi um erro, mas uma esperança. E por que “seria” e não “é”, já que existe um blog do Planalto?

Governo digital ou propaganda na internet?

Governo digital ou propaganda na internet?

Porque o que existe não é um blog, é uma página de notícias, ao melhor modelo de mídia tradicional, como um telejornal da Globo ou a revista Caras. Sim, o blog do Planalto é a Caras do Lula.

E por que digo isso? Por que chamo esse “blog” de um “pseudo-blog”? Porque, de fato, ele não é um blog! Tecnicamente falando, um blog é um log, um registro diário na internet. Nesse sentido, o blog do Planalto poderia ser considerado um blog. Mas não estamos falando de tecnicidades, mas de praticidades e, em termos práticos, um blog deve ser interativo. Um blog deve permitir comentários e deve, inclusive, responder a esses comentários. Um blog deve linkar outros blogs e é de bom tom que permita trackbacks, que são os links de retorno ao blog, por onde se sabe o que é falado sobre aquele blog.

E o blog do Lula não permite isso. Ele é apenas mais um canal de comunicação de via única. Não é interativo, não é transparente e é mal gerido! Como assim, “mau gerido”??? Vamos lá… eu sou um cara. Professor universitário, consultor de empresas. Tenho 2 blogs ativos (este e o meu blog acadêmico). Escrevo em mais um blog como convidado e estou em vias de começar a escrever em outro. São 4 blogs. Respondo a todos os comentários e faço tudo isso sozinho, sem falar em outras ferramentas de comunicação (twitter, GTalk, e-mail, etc). E o blog do Lula? Esse tem 6 funcionários! 6 pessoas em tempo integral para postar uma notícia nova por dia!!! Se cada um trabalhasse 8 horas, teriamos duas pessoas online direto, 24 horas por dia! Mesmo sendo um blog procurado e, portanto, com milhares de vezes mais comentários que o meu, ainda não seria nada absurdo. Vamos a uma conta simples: se cada um gastar 2 horas com matérias e 6 horas respondendo comentários, vamos colocar um tempo médio de 5 minutos por comentário, em duas pessoas por turno, estamos falando de ler e responder mais de 400 comentários por dia. Qualquer um com um blog mais movimentado sabe que 400 comentários por dia é praticamente um absurdo! O blog da Casa Branca (outro pseudo-blog) tem em média 500 hist por post. Se 10% comentassem, seriam 50 comentários por post. Longe dos 400 que seria possível tratar no blog do Planalto. No Brasil, alguns dos blogs mais acessados e comentados tem menos de 100 comentários por posts. Em outras palavras, nã há razão de ordem prática para evitar os comentários. A não ser que o problema não seja a quantidade, mas o conteúdo…………………….

Estaria o blog do Planalto, e aqueles que ocupam Brasília, com medo do que o povo tem a dizer? Ou será que é muito

Voto

Votar é democracia? Ou democracia é exercer?

estar mais próximo do povo quando não é época de eleição? Ano que vem, vão estar todos aí de novo. E nós? Infelizmente, nem lembramos em quem votamos para vereador nas últimas eleições há dois anos, quem dirá iremos lembrar que o blog do Planalto não está interessado no que pensamos, apenas no nosso voto.

Democracia: do povo, pelo povo, para o povo… e sem o povo. Democracia mesmo, só nos livros de escola.

Anúncios

Comente aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s