Diário de Viagem – 2010 – Belém, Belém, seus pastéis eu quero bem


MARAVILHOSOS esses pasteizinhos de Belém!

Ops, comecei o post pelo final, mas, pudera, esses pasteizinhos… Do princípio: acordamos cedo e reunimos a galera (Gabi, Paty, Marcus Vinícius e Gabi) para pegar o elétrico, ou o bondinho. Caminhada longa, mas divertida. Sempre bom sair com gente divertida e chegamos na região de Belém. Na verdade, antes de qualquer outra coisa – ver a Torre, o mosteiro, a igreja – fomos comer os tão famosos pasteis de Belém. E, bem… eles valem a fama. Não tem como explicar um sabor aqui, vai. Ok, vou tentar: são leves, não muito doces, e servidos com canela e açúcar são algo que só tem lá. Sério! Esquece Habibs ou qualquer outro pretenso lugar que tente vende-los: Pasteis de Belém, só em Belém!

Este slideshow necessita de JavaScript.

16 comentários sobre “Diário de Viagem – 2010 – Belém, Belém, seus pastéis eu quero bem

  1. ISSO NAO SE FAzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
    AHHHHHH EU QUERO!!! SEU CRUEL, SEM CORACAO, CHATO…TO DE MAL!

  2. To por aqui, de novo acompanhando….a principio percebo q desta vez a viagem
    ta menos sofrida neh…heheheheh….ahhhhh em tempo, estes famosos pasteis tem mais cara de empadinha q outra coisa, mas a aparencia eh otima….deve ser uma deliciaaaaaa….

  3. Tinha pensado em ir até o Habib’s, mas depois dessa vou só ficar na vontade, mas concordo com a Van, isso é sadismo.
    Bjs

  4. Pingback: Tweets that mention Diário de Viagem – 2010 – Belém, Belém, seus pastéis eu quero bem « Na Toca da Cobra -- Topsy.com

    • Esse é o resultado de um trabalho, Dê. Ralei, abri mão de coisas, perdi outras, noites em claro, dias em claro, mais noites em claro, pauladas de lá e cá… estar aqui é mais do que a viagem, é meu Veni, Vini, Vici!.

  5. Estava lendo o post sobre o pastel de Belém e fiquei com água na boca.. Maldade foi ver vc saboreando !!!! Mas quando eu lí seu comentário a respeito dos sacrifícios que fez para que esta viagem fosse possível me fez refletir sobre o assunto. Ninguém ganha nada de graça nesta vida embora pareça para algumas pessoas.. É preciso saber exatamente o que se quer na vida, ter um foco e traçar uma meta Depois disto, é o momento de cortar gastos, abrir mão de coisas que se gosta para que finalmente possa sentir este sabor de pastel de Belém que só você saberá exatamente como é…Vc pode até tentar nos explicar o sabor, mas nunca sentiremos o gostinho, e o quanto custou. Bjks.

Comente aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s