Diário de Viagem 2010 – Baladinha e viagem pra Barcelona


Peguei a mala no hotel perto das 22:00 de ontem e combinei com o Julio de deixar a mochila no albergue em que ele está hospedado e irmos pra região dos barzinhos virar a noite, assim economizo uma diária de hotel, já que meu vôo sairia apenas às 8:00 da manhã. Não sei se foi a melhor idéia, mas valeu para ficar mais um tempo em Madrid. Vale à pena.

Após uma bela caminhada com 18 quilos nas costas, chegamos no albergue e deixei a mochila. De lá, fomos para uma baladinha rock que a gerente do albergue recomendou. Som anos 90, com destaque para Sweet Child of Mine, do Guns ‘n Roses. Mas mantenho minha opnião sobre baladas de rock clássico: são para ouvir, não para conversar, nem para dançar. Tem que gostar da música e ponto.

Na baladinha rock, com a Marta, Sara e o Julio

A música era boa, mas se estava lá com amigos, a idéia é conversar. Lá encontramos também a Marta e a Sara, amigas do Julio. Depois de mais dois ou três clássicos dos anos 80 e 90, fomos embora. Acompanhamos as meninas até o metrô e de lá fomos procurar algum lugar pra comer. Ficamos por uma kebaberia próxima, pois a região começou a ficar mais pesada. Ele já havia avisado que aquela é a região das prostitutas e travestis, mas realmente começou a ficar pesado, então optamos por voltar para a Praça de Santa Ana, onde tínhamos conhecido algumas baladinhas dois dias antes. Não contei pra vocês das baladas, né? É engraçado. Fui em quatro baladas na mesma noite. Mais de uma vez! Um recorde que não deve ser quebrado tão cedo – tipo, nas próximas décadas, hehehe.

Na Espanha, eles fazem algo que chamam de ‘movida’: entram num bar ou discoteca, ficam 20, 30 minutos, tomam um copo, um petisco, e saem em busca de outro bar. Ficam assim a noite inteira, de bar em bar, discoteca em discoteca. Notei que é comum encontrar as mesmas pessoas em diversos lugares diferentes na mesma noite. Não sou expert em baladas – nem no Brasil – mas foi interessante ver como funciona. E outra coisa: é raro ver pegação na balada. Das poucas que vi, a maioria eram estrangeiros. Não sei como é o esquema de se conhecer dos jovens espanhóis, mas achei-os mais contidos que a molecada no Brasil. Ponto pra Espanha.

Perto das 5:30, enquanto o Julio tentava xavecar uma colombiana no fim da noite (hehehe), saímos para pegar a mala. O metrô madrileno abre as 6:00 e minha intenção era pegar logo o primeiro trem para chegar no aeroporto no máximo as 7:00 e fazer o check-in sem problemas. Novamente passamos pela região das prostitutas – que ainda davam expediente a esse horário. Bêbado, o Julio mexeu com algumas e elas vieram para cima. Uma delas tentou me roubar a carteira. Fala sério, né? Sou paulistano! Essa de mão na carteira é mais velha que a Terra da Garoa. Dei um chega pra lá e arrastei o Julio pra frente, vambora!

Chegamos ao albergue, ele falando alto enquanto todos dormiam e eu querendo rir, mas me segurando. Foi uma excelente companhia, com papos cabeça, risadas, lembranças e idéias para a vida. Valeu, rapá! E pensar que anos antes, ainda na Federal, ele foi o responsável pela eliminação do time de basquete da minha sala no torneio. A vida é engraçada.

No chão do Barajas, esperando o avião e carregando a bateria do celular

Daí em diante foi tranqüilo: 18 quilos nas costas novamente, 2 baldeações no metrô, mas, em compensação, tem uma estação em cada terminal do aeroporto. Quero ver isso no Brasil! Sério!

Agora, enquanto espero o avião pra Barcelona – e carrego a bateria do meu celular – tento me segurar pra não dormir.

Darei mais notícias do lado de lá do país.

2 comentários sobre “Diário de Viagem 2010 – Baladinha e viagem pra Barcelona

  1. Você devia escrever um livro. É gostoso te acompanhar nesta aventura. Sinto como estivesse viajando também! Bjks.

Comente aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s