Para desabafar


É difícil ser ouvido. Ser apenas o ombro, e não o dedo que acusa. Há tempos sou bom em conversar, alguns gostam dos meus conselhos, mas demorei aprender a ouvir. Lembro bem do episódio, em 2001, quando levei meu ex-sogro ao hospital e fiquei lá fora aguardando com sua esposa. Ela começou a conversar, e a se abrir acerca de coisas que nunca me imaginei em situação para ouvir. Julguei que deveria dizer algo, aconselhar, sei lá. Julguei errado. Destruí a ponte que se formava por tentar atravessá-la antes do tempo. Mas eu não percebi isso na hora. Foi minha ex-posa quem me alertou, na verdade, quem me deu uma bronca por isso, e ela me disse exatamente isso: você precisa aprender a ouvir.

A lição não foi aprendida de imediato, mas desde então venho atentando para esse ponto. E, acreditem, é difícil ouvir. Recentemente vi isso muito claramente, ao postar um pensamento meu em meu Facebook. Falando de algo pessoal, um desabafo mais para mim do que para os outros, disse que meu maior problema era eu mesmo. Além do sentido específico da frase – e não coube explicação no momento, como não caberá agora – havia um sentido mais amplo: realmente creio que quem mais nos atrapalha somos nós mesmos. Da mesma forma que considero nós mesmos nossa maior fonte de sucesso. Em bom português: somos os maiores responsáveis pelo que acontece conosco. Simples e direto, é o que penso. Qual não foi minha surpresa, porém, ao ver que duas pessoas que conheço e que se dispõem a trabalhar ouvindo pessoas (quem lê, entenda) virem interpretar e julgar minha frase como um defeito ou qualquer coisa que o valha. Uma delas chegou ao extremo de sugerir terapia. Aliás, ambas o fizeram. Nem entrarei no mérito da terapia em si, mas na agressividade com que abordaram… um desabafo!

Assustou-me o fato de serem quem são, mas não me surpreendeu o fato em si: raros são os que, de fato, sabem ouvir. E ouvir não inclui falar. Nesses casos, ouvir fala por si só.

14 comentários sobre “Para desabafar

  1. eu n sei ouvir.
    …por isso, desta vez, vou ficar caladinha…

    Talvez esse seja outro desabafo, ne?
    Daqueles q foram feitos somente pra ouvir…
    Na dúvida…

  2. É eu sei bem o que é isso! Tá precisando de um ombro lindo?
    Tenho 2! hehehehe
    Bjos

  3. SE EU MORRER ANTES DE VOCÊ
    Chico Xavier

    Se eu morrer antes de você, faça-me um favor:
    Chore o quanto quiser, mas não brigue comigo.
    Se não quiser chorar, não chore;
    Se não conseguir chorar, não se preocupe;
    Se tiver vontade de rir, ria;
    Se alguns amigos contarem algum fato a meu respeito, ouça e acrescente sua versão;
    Se me elogiarem demais, corrija o exagero.
    Se me criticarem demais, defenda-me;
    Se me quiserem fazer um santo, só porque morri, mostre que eu tinha um pouco de santo, mas estava longe de ser o santo que me pintam;
    Se me quiserem fazer um demônio, mostre que eu talvez tivesse um pouco de demônio, mas que a vida inteira eu tentei ser bom e amigo…

    E se tiver vontade de escrever alguma coisa sobre mim, diga apenas uma frase:
    “- Foi meu amigo, acreditou em mim e sempre me quis por perto!”
    Aí, então derrame uma lágrima.
    Eu não estarei presente para enxugá-la, mas não faz mal.
    Outros amigos farão isso no meu lugar.

    Gostaria de dizer para você que viva como quem sabe que vai morrer um dia, e que morra como quem soube viver direito.
    Amizade só faz sentido se traz o céu para mais perto da gente, e se inaugura aqui mesmo o seu começo.

    Mas, se eu morrer antes de você, acho que não vou estranhar o céu.
    “Ser seu amigo, já é um pedaço dele…”

  4. Saber ouvir é uma arte que poucos conseguem. Mas acho que todos aprendemos com uma certa maturidade.

  5. É,também falo mais do que deveria e ouço menos do que poderia.

    Acaba que somos todos meninos carentes precisando de um ombro,de alguém que nos faça um cafuné e nos diga: “Vai ficar tudo bem,eu estou aqui”.

  6. Numa parte do texto você diz que o que nos atrapalha somos nós mesmos,e eu devo concordar.Sabe,geralmente as coisas que eu quis muito na minha vida deu errado por conta da forma que eu me portei.E o pior você nem sabe,eu sempre sei onde erro e não consigo fazer diferente quando tenho outras oportunidades.

    Fácil é julgar,fácil e achar que entendo o que o outro diz.Agora,sentir na pele…aí são outros quinhentos.

    • É… poucos entenderam quando falei essa frase a primeira vez. A questão não é psicológica ou qualquer outra coisa. É simplesmente o outro lado do espelho do que eu falei: quem nos atrapalha somos nós mesmos, assim como quem nos ajuda, quem tem que tomar as rédeas e fazer as coisas acontecerem, somos nós mesmos.

      Mas não estamos acostumados e nos ver no espelho.

  7. Mais uma vez concordo plenamente com vc… Mais um texto que me vi dentro dele… como vc consegue??? rsrs

    É difícil ouvir outras pessoas, mas com toda a certeza é mais difícil ouvir a nós mesmo. As vezes esquecemos de olhar dentro da gente e buscar as respostas que estamos precisando e que há muito procuramos…

    Sou sua fã… de carteirinhaaaaa…

    bjs

    • Eu não consigo, Sheila. Eu só deixo aqui do lado um espelho, para que cada um se veja nele. Neste espaço, cada um pode ser apenas e exatamente o que é.

Comente aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s