Diário de Viagem 2014 – 2009, versão 2014

Artigo enviado.
Artigo aprovado.
Passaporte renovado na mão.
Inscrição paga.
Passagem comprada.
Frio na barriga.

Em uma semana começa o Diário de Viagem 2009, versão 2014 (hehehe). Farei basicamente o mesmo roteiro da viagem anterior, mas com uma esticada até a Holanda, onde acontecerá o EGOS 2014.

Muita coisa mudou em 5 anos… muita mesmo! Mas isso a gente conversa ao longo dos próximos dias.

‪#‎DiarioDeViagem‬ ‪#‎EGOS2014

viagem à Itália

Sombras e pó

O que nos torna humanos são os sonhos

O que nos torna humanos são os sonhos

Se as coisas são inatingíveis… ora!
Não é motivo para não querê-las…
Que tristes os caminhos, se não fora
A presença distante das estrelas!

Mário Quintana


Não é segredo minha profunda admiração pela obra de Quintana. É possível ler um pouco mais aqui e aqui. E, dentre as tantas pérolas desse mago das palavras, Utopia é a minha preferida, conforme se lê acima.

Marcando meu retorno a essa minha casa, decidi oferecer-lhes esse poema. E não apenas a palavra, mas meus pensamentos. Não é a beleza fonética, a rima, ou as estrelas que me fascinam. Mas  possibilidade de sonhar. E sonhar com o que se deseja, sem a necessidade de morrer por isso. Mas com a possibilidade de viver por isso. Em meu Diário de Viagens, falei sobre o Coliseu no texto Sonhos e Pó e fiz referência a essas questões. Quintana não fala de estrelas, mas de sonhos e de lutar pelos sonhos e – o mais importante – da presença dos sonhos. Você não precisa persegui-los, menos ainda se forem difíceis. Mas é importante tê-los, mantê-los.

Muito do que nos faz humanos não é carne. sangue, sombras ou pó.

O que nos torna humanos são os sonhos.

Diário de Viagem 2009 – Milano é na França

Milano é na França! Definitivamente Milano não é na Itália. Desde que desci do trem, foi difícil me acostumar com a idéia que aqui as pessoas ainda falam italiano. Ao entrar no hotel, tive nítida impressão que o atendente falou comigo em francês. Não falou, mas ainda acho que falou.

2009-07-13 - Itália - Milano (3)

Milano é a 6° cidade italiana que conheço em 5 dias e a única com ar de “cidade grande”. Nem mesmo Roma parece ser cidade grande. Não importa o tamanho, mas cidade grande tem cara de cidade grande: tem prédios, avenidas largas, carros novos, pessoas apressadas. Já haviam me falado que Milano é uma São Paulo menor, mas não a imaginei tão parecida… e tão grande. Logo que saí da estação, me deparei com a Berrini. Sim, era a av. Luís Carlos Berrini, de São Paulo… mas em Milano! Em pleno centro da moda da Itália, ou do mundo, como foi anunciado recentemente. Foi como me senti ao sair da estação de trem no final da avenida.

2009-07-13 - Itália - Milano (7)

É… já deu pra perceber que Milano não me chamou a atenção. Para ser bem sincero, nem gostei. Engraçado, pois seria uma cidade legal para eu morar, mas, na Itália, eu esperava ver Itália, não São Paulo. Não vi – além da própria ferroviária – construções antigas da época do Império. Mesmo a ferroviária, um prédio imenso, com pé direito gigante, me lembrou muito o estilo século XIX do centro velho de São Paulo.

2009-07-13 - Itália - Milano (2) 2009-07-13 - Itália - Milano (11) 2009-07-13 - Itália - Milano (12) 2009-07-13 - Itália - Milano (14) 2009-07-13 - Itália - Milano